Resenha: Como eu era antes de você – Jojo Moyes

resenha livro Como Eu Era Antes de Você


Título:
Como eu era antes de você
Título Original: Me Before You
Autora: Jojo Moyes
Tradução: Beatriz Horta
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Ano: 2013
Gênero: Ficção inglesa, Romance
ISBN-10: 8580573297
ISBN-13: 978-8580573299
Saiba mais: Skoob 
Onde comprar: Buscapé 

Sinopse

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro. Como eu era antes de você é uma história de amor e uma história de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

resenha livro Como Eu Era Antes de Você

 

Capa, diagramação e leitura

A capa é bem singela, bonita, delicada e a ilustração é bem sugestiva com a história.

As páginas são amareladas e o tamanhos das fontes, o espaçamento e as margens são normais. A diagramação é simples e permite uma leitura bastante agradável.

A maior parte da história é narrada por Lou, mas há alguns capítulos que mostram o ponto de vista de outros personagens. Eu achei bacana pois nos ajuda a saber o que outros personagens sentem e o que eles pensam a respeito dos protagonistas.

 

Minhas impressões

Quando conheci o livro pensei que fosse só mais um romance clichê. Mas daí muita gente começou a falar muito bem do livro, que a história era surpreendente e você morria de tanto chorar. Aí minha curiosidade foi aumentando, até que foi anunciado o filme e eu vi o trailer. Então, eu me rendi e comprei o livro.

A leitura é leve e fluiu muito bem, durou alguns dias, isso levando em consideração que eu leio muito devagar (eu me distraio muito, sério. :P). A história é bem escrita e Jojo usa uma linguagem de fácil compreensão, os acontecimentos fluem naturalmente e prendem a sua atenção, mas não ao ponto de te deixar angustiado caso você tenha que dar uma pausa na leitura.

No livro são abordados temas polêmicos como o abuso, a deficiência e o suicídio assistido (eutanásia), e que nos fazem refletir e repensar vários conceitos e preconceitos da vida. Você vai entender um pouco das dificuldades e dos preconceitos que os deficientes sofrem, como prédios despreparados, a dependência de outra pessoa para coisas básicas e o olhar curioso e piedoso de todos. Esses são alguns elementos que nos ajudam a compreender toda a dor e tristeza que Will está passando. E é justamente num momento da vida em que Will mais precisava que Louisa chega trazendo alegria e esperança para a vida de dele. E com o passar dos dias os dois vão mudando um ao outro, pois Will também transforma a vida de Lou, abre sua mente para além do seu mundinho pequeno e mostra que existe um mundo exuberante e cheio de oportunidades para ela.

Will é um personagem que a gente quer sempre desvendar o que ele está pensando. Ele esconde muito bem o que sente, só deixa transparecer o que quer. E Lou é muito amável, engraçada e fácil de gostar. Ela tem uma evolução muito boa na história. O enredo não é perfeito, principalmente no final, achei um pouco apressado e não gostei de como as coisas aconteceram, mas no geral eu gostei e me envolvi bastante. Como manteiga derretida que sou achei que fosse chorar rios de lágrimas, como muitas pessoas falam por aí, mas não derramei uma lágrima sequer. Sei lá, acho que o drama não me convenceu a esse ponto.

Esse livro faz com que você acredite que o amor pode nascer em qualquer circunstância da vida, por mais difícil que ela seja. E te fará refletir sobre as decisões que você toma ou deixa de tomar diariamente e sobre o direito de escolha que cada um tem sobre suas próprias vidas.

Citações

“Nunca imaginei que, além dos medos óbvios sobre dinheiro e futuro, perder o emprego fizesse a pessoa se sentir inadequada e um pouco inútil. Que pode ser mais difícil levantar de manhã do que quando se é brutalmente trazido à consciência pelo toque do despertador.”

“Eu gostaria de sentir pena dele. Eu realmente queria. Quando o pegava olhando para fora através da janela, pensava que ele era a pessoa mais triste que eu já conhecera.”

“Às vezes, Clark, você é a única coisa que me dá vontade de levantar da cama.”

“Como você sabe? Você não fez nada, não foi a lugar algum. Como sabe que tipo de pessoa você é?”

“Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”

 

resenha livro Como Eu Era Antes de Você

 

Fiquei super empolgada com o trailer do filme, pois algumas cenas são praticamente idênticas ao livro, até porque quem roteirizou o filme foi a própria Jojo Moyes. Vamos ver se com o filme eu choro. rsrs

Sei que muita gente já leu o livro, mas se você ainda não leu o meu conselho é: leia! E quem já leu, me conta aqui o que achou (sem dar spoiler, por favor) e qual a sua expectativa para o filme. 😉

Xêro!